Nova Monte Verde

15.Out.2018

(66) 9.9920-7732

Notícia

Postada em 10 de Abril de 2018 às 05h43min

Polícia Civil leva 101 criminosos à cadeia e recupera 306 veículos no trimestre

As investigações individuais e também realizadas com apoio de outras instituições.

Fonte: Governo de MT

Uma média de seis veículos é recuperada pelas forças de Segurança Pública todos os dias na Grande Cuiabá. Proporcionalmente as recuperações, 101 pessoas envolvidas em roubos e furtos de veículos e crimes correlatos foram presas (flagrantes e mandados) pela Polícia Judiciária Civil, em investigações desenvolvidas pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva).

No primeiro trimestre de 2018 foram recuperados 506 veículos roubados/furtados em Cuiabá e Várzea Grande. Mais da metade, 306 veículos (carros, caminhonetes, motocicletas e caminhões) foram localizados nas diligências investigativas da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos, resultando na prisão de membros de organizações criminosas com forte atuação no mercado ilícito de veículos, seja na região metropolitana, no estado ou nas fronteiras da Bolívia e do Paraguai.

A unidade também iniciou 2018 em plena atividade. Foram desencadeadas 48 operações com foco a reduzir os índices de subtração de veículos na região metropolitana.

Conforme o delegado titular da unidade, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, assim como em 2017, o ano começou priorizando o combate ao crime organizado, tentando inibir todas as modalidades criminosas, tanto o roubo, o furto e receptação de carros, motocicletas, caminhões e carretas. “Fizemos já várias operações nesse sentido e conseguimos identificar três grupos que agem em roubos de cargas para trocar por drogas e munições”, informou.

Nas investigações, os policiais também identificaram a atuação de quadrilhas que roubam veículos para adulteração dos chassis e, posteriormente, comercializam os carros, os chamados dublês ou clones, além da descoberta de novos grupos que agem especificamente no desmanche de veículos para abastecer o mercado de peças.

As investigações individuais e também realizadas com apoio de outras instituições, como a Polícia Militar, Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), Polícia Rodoviária Federal e outras unidades da Polícia Civil e instituições de segurança, têm possibilitado manter os índices de roubos de veículos em níveis estáveis (430 em 2017 para 429 em 2018), e ajudaram na queda dos furtos, saltando de 338, em 2017, para 217 registros, em 2018.

“Temos combatido a criminalidade em todas essas frentes. Fazendo um trabalho voltado ao combate às organizações criminosas, dando prioridade na integração, na inteligência policial, com melhores condições ao nosso núcleo de inteligência, conseguiremos manter ou reduzir ainda mais esses números”, avalia o delegado.

Prevenção
Como prevenção nunca é demais, o delegado alerta para os cuidados que os motoristas devem ter para evitar serem vítimas das quadrilhas de roubos e furtos de veículos. São dicas simples que para quem trabalha na Segurança Pública acabam sendo importantes e evitam que o condutor seja vítima da ação de bandidos.

São elas: usar o bom senso ao escolher o local para estacionar e evitar lugares ermos de fraca iluminação; não deixar objetos de valor, como notebook e bolsas nos bancos do carro; não colocar adesivos no veículo que exponham informações pessoais; atenção na entrada e saída de residências e condomínios; evitar deixar chaves com vigias de estacionamentos; atenção nos semáforos no período noturno, mantenha distância de veículos.

“Toda cautela é necessária e assim o condutor estará contribuindo com a sua segurança pessoal”, salienta o delegado.
http://www.mt.gov.br

Peça sua música

Top 5

1

Ar Condicionado No 15

Wesley Safadão

2

Na Conta Da Loucura

Bruno & Marrone

3

Regime Fechado

Simone & Simaria

4

Aquela Pessoa

Henrique & Juliano

5

TE AMO MAS AINDA ME AMO MAIS

HENRIQUE SALLES

Promoção