Nova Monte Verde

12.Dez.2017

(66) 9.9920-7732

Notícia

Postada em 04 de Outubro de 2017 às 13h17min

Exportação de carne bovina supera restrições; MT tem o maior rebanho

Os Estados Unidos acabam de liberar as importações de carne termoprocessada de cinco frigoríficos brasileiros que estavam embargadas em razão...

24 horas news

Os Estados Unidos acabam de liberar as importações de carne termoprocessada de cinco frigoríficos brasileiros que estavam embargadas em razão de problemas com o rompimento de embalagens. Por causa do problema, esses frigoríficos foram inspecionados por técnicos americanos. A liberação vigora já neste mês, como informou o Ministério da Agricultura. Com essa decisão, pouco a pouco, vão sendo superadas as restrições externas quanto à qualidade da carne bovina produzida no País e destinada em grande parte à exportação.

Com a repercussão negativa da Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, deflagrada em março, que ensejou mal-entendidos aqui e no exterior, vários países enviaram técnicos ao Brasil para verificar in loco como é o processamento da carne em frigoríficos diversos. Feita a inspeção, a importação do produto brasileiro vem sendo liberada. O ministério espera que, dentro em breve, seja também liberada a venda de carne in natura para o mercado americano, como resultado de avaliação de documentos técnicos enviados a Washington pelo governo brasileiro.

As vendas externas de carne bovina, fresca, congelada ou refrigerada, vão indo muito bem. De janeiro a agosto deste ano, as exportações de carne atingiram US$ 3,14 bilhões, registrando um aumento de 8,6% em relação ao mesmo período de 2016 (US$ 2,89 bilhões). Com isso, a carne bovina já integra o grupo dos dez produtos mais exportados pelo País.

O potencial do setor pecuário permite avançar ainda mais, fortalecendo a posição do País como um dos maiores fornecedores de proteína animal do mundo. Levantamento há pouco divulgado pelo IBGE dá conta de que o rebanho bovino brasileiro alcançou 218,2 milhões de cabeças em 2016, o maior patamar já registrado pela Pesquisa Pecuária Municipal (PPM), realizada anualmente.

O Centro-Oeste continua figurando como a maior região criadora de gado, sendo responsável por 34,4% de todo o rebanho, tendo apresentado um crescimento de 3,3% em 2016 na comparação com o ano anterior. Na região, avulta o rebanho do Estado de Mato Grosso, que equivale a 13,3% do total nacional.

Os bons preços da carne afetaram a produção de leite, que teve uma retração de 2,95%, ficando em 33,62 bilhões de litros. Pode-se supor que essa queda ocorreu em razão do abate de matrizes.

Peça sua música

Top 5

1

Ar Condicionado No 15

Wesley Safadão

2

Na Conta Da Loucura

Bruno & Marrone

3

Regime Fechado

Simone & Simaria

4

Aquela Pessoa

Henrique & Juliano

5

TE AMO MAS AINDA ME AMO MAIS

HENRIQUE SALLES

Promoção