Nova Monte Verde

12.Dez.2017

(66) 9.9920-7732

Notícia

Postada em 01 de Dezembro de 2017 às 08h10min

Secretaria assina contrato de R$ 18 milhões para instituto goiano assumir gestão do Hospital Regional de Sinop

O secretario estadual de Saúde, Luiz Soares, assinou um contrato emergencial para que o Instituto Gerir assuma a gestão do Hospital Regional de...

Só Notícias

O secretario estadual de Saúde, Luiz Soares, assinou um contrato emergencial para que o Instituto Gerir assuma a gestão do Hospital Regional de Sinop. O objetivo é “estabelecer o compromisso entre as partes para o gerenciamento, operacionalização e execução das ações e serviços de saúde, com a pactuação de indicadores de qualidade e resultado, em regime de 24 horas/dia, assegurando assistência universal e gratuita aos usuários”.

O contrato tem um total de R$ 18 milhões e foi firmado por meio de dispensa de licitação. Não consta na portaria, publicada no Diário Oficial do Estado, quanto durará a contratação. Porém, segundo informação do secretário-adjunto da pasta, Cassiano Faleiros, que esteve em Sinop na semana passada, o instituto gerenciará a unidade por 180 dias.

O Gerir, que tem sede em Goiânia (GO), se classifica como “uma organização social que tem o objetivo de levar as melhores práticas da gestão privada para a administração pública”. Em Mato Grosso, o instituto administra o Hospital Regional de Rondonópolis. É responsável ainda por hospitais em Goiânia, Trindade (GO), Patos (PB), Taperoá (PB), São Luis (MA), Imperatriz (MA), Ponta Porã (MS), Ilhéus (BA), Guarulhos (SP) e Barueri (SP).

Conforme Só Notícias já informou, a Fundação Comunitária de Saúde de Sinop encaminhou, no dia 16, ao governo do Estado, notificação extrajudicial rescindindo contrato da prestação de serviços de atendimentos no hospital argumentando que tem R$ 16 milhões “de valor de diferença de repasses mensais” para receber e que os constantes atrasos estão causando “colapso” na unidade.

A entidade alegou também que não recebeu pelos serviços prestados de setembro, outubro e novembro (vencimento no último dia 10). O pagamento referente aos serviços de agosto foi feito, mês passado, em três parcelas representando cerca de R$ 4,4 milhões. Outro motivo apontado para a rescisão é a redução em R$ 1,4 milhão mensais no contrato de prestação dos serviços “que inviabiliza a manutenção das equipes médicas condizentes com a unidade médica regional”.

O Instituto Gerir deve assumir o Hospital Regional a partir deste mês. Os cerca de 450 funcionários que trabalham na unidade serão demitidos e a expectativa é que sejam recontratados.

Fonte: Só Notícias/Herbert de Souza

Peça sua música

Top 5

1

Ar Condicionado No 15

Wesley Safadão

2

Na Conta Da Loucura

Bruno & Marrone

3

Regime Fechado

Simone & Simaria

4

Aquela Pessoa

Henrique & Juliano

5

TE AMO MAS AINDA ME AMO MAIS

HENRIQUE SALLES

Promoção